SEJA BEM VINDO!

Mostrando postagens com marcador Lições Bíblicas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Lições Bíblicas. Mostrar todas as postagens

domingo, 11 de julho de 2021

História do bom Pastor


 Assista aqui o Vídeo que eu conto a história:


Visuais:






Para salvar a imagem em tamanho grande clique em cima da imagem com o botão direito do mouse, abra em uma nova guia e salve.

Que Deus te abençoe grandemente!!!

💖💖💖

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Nabucudonosor: O rei que virou uma fera.


Base Bíblica: Daniel 4
Versículo para Memorizar: "Aquele, porém, que se gloria, glorie-se no Senhor. Porque não é aprovado quem a si mesmo se louva, mas, sim, aquele a quem o Senhor louva." 2 Coríntios 10:17-18


Lembrancinhas:

História:


Nabucodonosor rei, a todos os povos, nações e línguas, que moram em toda a terra: Paz vos seja multiplicada.
Pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo.
Quão grandes são os seus sinais, e quão poderosas as suas maravilhas! O seu reino é um reino sempiterno, e o seu domínio de geração em geração.
Eu, Nabucodonosor, estava sossegado em minha casa, e próspero no meu palácio.

Tive um sonho, que me espantou; e estando eu na minha cama, as imaginações e as visões da minha cabeça me turbaram.
Por isso expedi um decreto, para que fossem introduzidos à minha presença todos os sábios de babilônia, para que me fizessem saber a interpretação do sonho.
Então entraram os magos, os astrólogos, os caldeus e os adivinhadores, e eu contei o sonho diante deles; mas não me fizeram saber a sua interpretação.

Mas por fim entrou na minha presença Daniel, cujo nome é Beltessazar, segundo o nome do meu deus, e no qual há o espírito dos deuses santos; e eu lhe contei o sonho, dizendo:
Beltessazar, mestre dos magos, pois eu sei que há em ti o espírito dos deuses santos, e nenhum mistério te é difícil, dize-me as visões do meu sonho que tive e a sua interpretação.

Eis, pois, as visões da minha cabeça, estando eu na minha cama: Eu estava assim olhando, e vi uma árvore no meio da terra, cuja altura era grande;
Crescia esta árvore, e se fazia forte, de maneira que a sua altura chegava até ao céu; e era vista até aos confins da terra.
A sua folhagem era formosa, e o seu fruto abundante, e havia nela sustento para todos; debaixo dela os animais do campo achavam sombra, e as aves do céu faziam morada nos seus ramos, e toda a carne se mantinha dela.
Estava vendo isso nas visões da minha cabeça, estando eu na minha cama; e eis que um vigia, um santo, descia do céu,
Clamando fortemente, e dizendo assim: Derrubai a árvore, e cortai-lhe os ramos, sacudi as suas folhas, espalhai o seu fruto; afugentem-se os animais de debaixo dela, e as aves dos seus ramos.

Mas deixai na terra o tronco com as suas raízes, atada com cadeias de ferro e de bronze, na erva do campo; e seja molhado do orvalho do céu, e seja a sua porção com os animais na erva da terra;
Seja mudado o seu coração, para que não seja mais coração de homem, e lhe seja dado coração de animal; e passem sobre ele sete tempos.
Esta sentença é por decreto dos vigias, e esta ordem por mandado dos santos, a fim de que conheçam os viventes que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens, e o dá a quem quer, e até ao mais humilde dos homens constitui sobre ele.
Este sonho eu, rei Nabucodonosor vi. Tu, pois, Beltessazar, dize a interpretação, porque todos os sábios do meu reino não puderam fazer-me saber a sua interpretação, mas tu podes; pois há em ti o espírito dos deuses santos.

Então Daniel, cujo nome era Beltessazar, esteve atônito por uma hora, e os seus pensamentos o turbavam; falou, pois, o rei, dizendo: Beltessazar, não te espante o sonho, nem a sua interpretação. Respondeu Beltessazar, dizendo: Senhor meu, seja o sonho contra os que te têm ódio, e a sua interpretação aos teus inimigos.
A árvore que viste, que cresceu, e se fez forte, cuja altura chegava até ao céu, e que foi vista por toda a terra;
Cujas folhas eram formosas, e o seu fruto abundante, e em que para todos havia sustento, debaixo da qual moravam os animais do campo, e em cujos ramos habitavam as aves do céu;
És tu, ó rei, que cresceste, e te fizeste forte; a tua grandeza cresceu, e chegou até ao céu, e o teu domínio até à extremidade da terra.
E quanto ao que viu o rei, um vigia, um santo, que descia do céu, e dizia: Cortai a árvore, e destruí-a, mas o tronco com as suas raízes deixai na terra, e atada com cadeias de ferro e de bronze, na erva do campo; e seja molhado do orvalho do céu, e a sua porção seja com os animais do campo, até que passem sobre ele sete tempos;
Esta é a interpretação, ó rei; e este é o decreto do Altíssimo, que virá sobre o rei, meu senhor:
Serás tirado dentre os homens, e a tua morada será com os animais do campo, e te farão comer erva como os bois, e serás molhado do orvalho do céu; e passar-se-ão sete tempos por cima de ti; até que conheças que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens, e o dá a quem quer.
E quanto ao que foi falado, que deixassem o tronco com as raízes da árvore, o teu reino voltará para ti, depois que tiveres conhecido que o céu reina.

Portanto, ó rei, aceita o meu conselho, e põe fim aos teus pecados, praticando a justiça, e às tuas iniqüidades, usando de misericórdia com os pobres, pois, talvez se prolongue a tua tranqüilidade.
Todas estas coisas vieram sobre o rei Nabucodonosor.

Ao fim de doze meses, quando passeava no palácio real de babilônia,
Falou o rei, dizendo: Não é esta a grande babilônia que eu edifiquei para a casa real, com a força do meu poder, e para glória da minha magnificência?
Ainda estava a palavra na boca do rei, quando caiu uma voz do céu: A ti se diz, ó rei Nabucodonosor: Passou de ti o reino.
E serás tirado dentre os homens, e a tua morada será com os animais do campo; far-te-ão comer erva como os bois, e passar-se-ão sete tempos sobre ti, até que conheças que o Altíssimo domina sobre o reino dos homens, e o dá a quem quer.

Na mesma hora se cumpriu a palavra sobre Nabucodonosor, e foi tirado dentre os homens, e comia erva como os bois, e o seu corpo foi molhado do orvalho do céu, até que lhe cresceu pêlo, como as penas da águia, e as suas unhas como as das aves.

Mas ao fim daqueles dias eu, Nabucodonosor, levantei os meus olhos ao céu, e tornou-me a vir o entendimento, e eu bendisse o Altíssimo, e louvei e glorifiquei ao que vive para sempre, cujo domínio é um domínio sempiterno, e cujo reino é de geração em geração.
E todos os moradores da terra são reputados em nada, e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra; não há quem possa estorvar a sua mão, e lhe diga: Que fazes?
No mesmo tempo tornou a mim o meu entendimento, e para a dignidade do meu reino tornou-me a vir a minha majestade e o meu resplendor; e buscaram-me os meus conselheiros e os meus senhores; e fui restabelecido no meu reino, e a minha glória foi aumentada.
Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu; porque todas as suas obras são verdade, e os seus caminhos juízo, e pode humilhar aos que andam na soberba.

Daniel 4:1-37

Atividade:

sexta-feira, 14 de junho de 2019

DANIEL REJEITA OS MANJARES DO REI


DANIEL REJEITA O BANQUETE DO REI
PRINCÍPIO: Consagrar-se  é separar-se das coisas contaminadas do mundo.
VERSÍCULO: “Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as coisas do rei da Babilônia”. Daniel    1.8  
ALVO: Mostrar às crianças que elas podem escolher viver de maneira que agrade a Deus, não se contaminando com as coisas erradas desse mundo.
ORAÇÃO: As professoras devem chegar mais cedo e orar para que o Espírito de Deus as encha mais da vida de Deus para serem instrumentos afinados com a Verdade a ser ministrada.
ABERTURA: Sejam BEM VINDOS! Vamos começar o nosso culto falando o nosso nome e a nossa idade...(cada criança fica em pé e se apresenta – peça para aplaudirem o visitante e cantarem a canção)
QUEBRA-GELO: MATERIAL: Um copo com água limpa e outro sujo.
PROCEDIMENTO: Mostre às crianças um copo de água bem limpinha. Pergunte para elas: Quem gostaria de tomar um gole? Agora mostre um copo de água suja com terra. E agora, quem gostaria de beber desta água? (Deixe as crianças responderem). Por que não? É água do mesmo jeito. É claro que está um tanto suja, mas não deixou de ser água. Bem, dá para perceber que essa água suja não serve para você, não é verdade? É porque essa água está contaminada.
MORAL: Da mesma maneira para sermos usados por Deus, não podemos permitir contaminação, nos misturando com a sujeira do pecado.    
OFERTA:  Leia com as crianças o texto de 2 Co 9.7   “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria”.
LOUVOR:  1. Eu tenho a Força de Deus” (Cristina Mel) – Pode ser só a música (baixe da net). Se  puder, mostre no Vídeo. http://www.youtube.com/watch?v=8qgtNaK0QEk
REVISÃO: Bem crianças, antes de começar a falar do Profeta Daniel temos que lembrar o que aprendemos sobre obediência e Honra? Aprendemos que: 1. Só falar não é obedecer (que obedecer aos pais é justo) e 2. Decidir obedecer (que quem honra é feliz e terá vida longa sobre a terra).
ORAÇÃO: Ore com ousadia pelas crianças intercedendo a Deus que faça a palavra penetrar forte em seu coração. Declare que elas terão o coração atraído a Deus e serão decididas a não contaminar-se com as coisas erradas do mundo.
CONTANDO A HISTÓRIA BÍBLICA:
COMENTÁRIO DO TEXTO  :


1º) Introdução: Muito bem, crianças. Hoje  quero te dizer algo que é muito importante! Vamos aprender algo sobre o profeta Daniel e saber o que aconteceu com ele.


2º) Leitura do texto-base:  Para começar vamos ler o texto da bíblia (o professor deve usar a bíblia gigante contendo o texto, mas deve saber bem a história para contá-la de maneira bem espontânea, e poder olhar para as crianças enquanto lê)


TEXTO BÍBLICO: DANIEL 1


          Um rei chamado Nabucodonosor atacou Jerusalém e mandou que levassem prisioneiros alguns jovens das famílias nobres, para trabalharem no seu palácio. O rei mandou que os jovens recebessem todos os dias a mesma comida e o mesmo vinho que ele, o rei, comia e bebia. Entre os escolhidos estavam Daniel, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. Daniel e seus amigos resolveram não comer a comida e beber o vinho que o rei lhes ofereceu. Comeram apenas legumes. Daniel disse: Durante dez dias, dê-nos somente legumes para comer e água para beber. No fim dos dez dias, faça uma comparação entre nós e os jovens que comem a comida do rei. Passados os dez dias, os quatro jovens israelitas estavam mais sadios e mais fortes do que os jovens que comiam a comida do rei. Deus deu aos quatro jovens um conhecimento profundo dos escritos e das ciências dos babilônios, mas a Daniel deu também o dom de explicar visões e sonhos. Daniel e seus amigos foram levados à presença do rei. Todas as vezes que o rei fazia perguntas a respeito de qualquer assunto que exigisse inteligência ou conhecimento, descobria que os quatro eram dez vezes mais inteligentes do que todos os sábios e adivinhos de toda a Babilônia.   

2º )Explicar o texto
Mas sabe de uma coisa crianças, Daniel estava lá na Babilônia e mesmo com tantas coisas ruins lá, ele e seus amigos eram de Deus e decidiram não se contaminar com as coisas erradas.
Eles estavam na Babilônia mas não faziam as coisas da Babilônia.
Então nesse texto de Daniel vemos que:
DANIEL CONSAGROU-SE A DEUS: Daniel foi um jovem que decidiu separar-se de coisas erradas da Babilônia para viver de uma maneira que agradasse a Deus. Ele tinha um coração puro e confiava em Deus completamente. Em vez de esquecer-se de Deus e aproveitar as coisas que o rei oferecia (porque esse rei não servia a Deus), ele as rejeitou porque creu que Deus tinha um plano melhor para ele.
MAS O QUE DANIEL FEZ PARA SE CONSAGRAR A DEUS? Daniel rejeitou comer a comida do rei, porque era oferecida aos ídolos. Daniel sabia que essa comida era contaminada, e por isso, não deveria comê-la. Hoje, doces oferecidos para santo são comidas contaminadas e você deve rejeitá-las. Mês que vem teremos o dia de Cosme e Damião. Esses doces são consagrados aos ídolos do mal. Daniel rejeitou a comida do palácio porque era sacrificada a demônios e, portanto, contaminada. Deus se agradou da atitude de Daniel e de seus amigos; por isso deu a eles mais inteligência do que todos os sábios que trabalhavam no palácio do rei.  
DANIEL FOI DIFERENTE: Daniel estava vivendo num lugar cheio de pecados, mas ele DECIDIU não se envolver nem se contaminar.   
APLICAÇÃO NA VIDA DA CRIANÇA:  
Agora, o que nós hoje aqui podemos aprender com a atitude de Daniel?
1) O QUE VOCÊ PODE APRENDER COM DANIEL? Daniel nos ensina que, para viver de maneira agradável a Deus, você precisa crer que Ele tem um plano para sua vida. Somente depois disso é que você vai ter fé para rejeitar aquelas coisas que podem contaminar o seu coração. Existem muitas coisas que são contaminadas e que você deve rejeitar na sua vida? Por exemplo: comidas que são oferecidas a santos, desenhos e livros que ensinam bruxaria, feitiçaria, com amizades erradas etc... Quando você sabe que algo não agrada a Deus, mas faz assim mesmo, você está pecando. Por isso, muito cuidado. Saiba que você sempre pode escolher viver da maneira que agrada a Deus assim como Daniel. Isso é consagração! 
2) VALE A PENA ESCOLHER AGRADAR A DEUS: Daniel escolheu separar-se de coisas impuras, por isso, Deus o abençoou todos os dias de sua vida. Daniel era jovem e viveu no meio de pessoas que não conheciam a Deus. Mesmo assim, ele se separou de coisas contaminadas. Ele fez porque amava a Deus mais do que todas as coisas. O que faz você rejeitar coisas erradas é o seu amor por Jesus. Se você amar a Jesus mais do que tudo na sua vida, você sempre vai escolher o que agrada a Deus. Sabe o que vai acontecer? Deus vai abençoar você, mais do que os outros. E todos vão perceber que as coisas dão certo para você. Esse é o sinal de que vale a pena viver de maneira diferente para agradar a Deus.   
APELO:Ore e Imponha as mãos sobre a cabeça das crianças rejeitando todo o mal e ministrando poder de decisão e determinação em não se misturar nem se contaminar com esse mundo.
MEMORIZANDO O VERSÍCULO:
Use uma gravura do globo terrestre.
A criança vem à frente, aponta no mapa para a direção da Babilônia (hoje Israel-Ásia) e fala o versículo.


“Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as coisas do rei da Babilônia”


BRINCADEIRA: NOME DA BRINCADEIRA: FAÇA O CONTRÁRIO DO QUE EU DIGO
PROCEDIMENTO: Todas as crianças devem ficar bem atentas aos seus comandos. Quando você der um comando, as crianças devem fazer exatamente ao contrário. A criança que se confundir ou não fazer o gesto, deverá sair da roda.
COMANDOS: Agachar – Chorar – Abrir os olhos – Não orar – Não ler a Bíblia – Não falar o versículo do dia – Não abraçar o colega – Colocar um pé para frente – Abaixar as mãos – Brigar com o colega.
MORAL: Daniel decidiu não se contaminar. Agrade a Deus fazendo o contrário do que o mundo oferece. Assim, você será abençoado e se tornará uma criança mais inteligente e mais sábia do que todas!  

fonte do texto :http://celulavidaplenakids.blogspot.com/2012/08/licao-23-daniel-rejeita-o-banquete-do.html

Visuais para história:










 Atividades:



 

Postagens populares

Arquivos do blog

Total de visualizações de página

Recursos Visuais em EVA

Recursos Visuais em EVA
Clique na imagem acima e escolha o material qure vc deseja
Related Posts with Thumbnails

Pequeninos de Jesus Copyright © 2009 Flower Garden is Designed by Ipietoon for Blogger Template Gallery Flower Image by Dapino